29 de mai de 2012

A dor do desapego

Esse blog surgiu pela minha necessidade de me desapegar das muitas coisas, especialmente roupas, que eu tinha e que ocupavam um grande espaço não só no armário mas também na minha vida. Confesso que foi um alívio, foi muito bom ver que eu tava mudando e amadurecendo. Mas eis que agora que preciso ir embora do EUA de vez, me vejo louca mais uma vez porque não cabe tudo na mala e eu me sinto apegada a coisas que talvez nem valha à pena ter e que com certeza não me fariam muita falta no Brasil. Tá sendo difícil. To estressada, com um mau humor que nem eu me "guento". Como diz meu pai psicólogo tô regredida (risos). Mas vou conseguir. E que na verdade insisti no erro. Não adiantou ver o tanto de coisa que eu tinha antes de mudar pra cá.  E o tanto de problema que isso me causou, fora a trabalheira. Comprei e acumulei um tanto de trem que eu não precisava. E, na verdade, eu passei todo esse tempo sem meus apetrechos queridos e aqui estou bem e viva. Mas, enfim, ta na hora de mentalizar o mantra:

O IMPORTANTE  É SER, NÃO TER.

E pra livrar de todo o stress bora fazer meditação da yoga nidra pra relaxar!

Abaixo segue o link caso queira baixar os arquivos (super dica da amiga Paula Knudsen!).

Nenhum comentário:

Postar um comentário