9 de out de 2011

Dias difíceis...

Não é que tenhamos que ser felizes o tempo todo...
Mas alguns dias são mais difíceis que outros.
Talvez seja a distância das pessoas que mais amamos.
Talvez o banzo da terra natal.
Quem sabe a falta de dinheiro.
Ou outra coisa qualquer.
Ou coisa nenhuma.
Às vezes simplesmente não há motivo.
Daí você se da conta do inexorável destino de ser só, da angustia existencial ou de qualquer motivo que sirva para explicar esta repentina falta de beleza no cotidiano e do cansaço que te assola menos o corpo que a alma.
E mesmo que te achem inteligente, te invejem, te desejem e que lá fora o dia esteja quente e acolhedor, enquanto o panorama amarelado das arvores aponte para o rigoroso inverno vindouro, tudo que você quer é dormir e sonhar.
Tomar café com os amigos do peito, conversar e rir.
Sentir o cheiro, a textura do cabelo, da pele, a maciez dos lábios, ouvir a voz e o riso.
Cantar. Um eterno espreguiçar. Sincronicidade. Arrepios. Um enorme bem estar.
Se inebriar de afeto.

SAUDADES.

Musica tema: Nantes - Beirut

Um comentário:

  1. Cade a produtividade do mes??!!

    Estamos em novembro e o ultimo post eh de outubro!!

    Ass.: 1122

    ResponderExcluir